Blog

19nov

Felizes… para sempre? Sobre o desapego de livros

Quem gosta de ler sabe que um livro tem dois momentos preciosos: as primeiras linhas, que atraem o leitor e abrem seu contato com a história e imprimem a relação que ali se inicia; e o final, seu desfecho  – o gosto que vai ficar na boca e na memória quando você fechar definitivamente aquele volume.

Muito bem, aí você terminou mais um livro e…. O que vai fazer com ele? Deixá-lo, para sempre, envelhecendo na estante da sua sala? Vamos sugerir alguns finais mais felizes para seus livros lidos:

1. tenha uma bela estante com espaço limitado. Sempre que houver um livro novo para entrar, outro terá que sair.

2. empreste ou presenteie livros a seus amigos que combinam com aquela leitura.

3. sugira a leitura desse livro a pessoas que estão perto de você e que podem ser estimuladas a ler: seus colegas de trabalho, o porteiro do seu prédio, o cobrador do ônibus que você pega todos os dias… Crie leitores: ler se ensina, gostar de ler se incentiva.

4. perca seu livro. Depois de lido, deixe-o na mesa de um café, numa cadeira no salão de beleza, no banco do metrô, nas poltronas de um aeroporto. Você pode escrever uma mensagem nele, a pessoa que o encontrar vai se sensibilizar e, quem sabe, ler.

5. doe para lugares que você conhece que tenham uma biblioteca comunitária. Tem sempre muita gente precisando de livros. Divulgue sua intenção em alguma rede social – você vai ver que aparecerão muitos interessados.

6. doe para a Freguesia do Livro. A gente encaminha seu livro para muitos novos leitores. Fale com a gente: contato@freguesiadolivro.com.br

* Todas essas iniciativas requerem uma boa dose de desapego e generosidade. Livros doados não voltam nunca e os emprestados têm retorno incerto. Mas certamente deixarão de ser volumes silenciosos e empoeirados guardados em sua casa para todo o sempre.

13525481_261770530855511_1574630496_n