Ações Colaborativas

 

A Freguesia do Livro, apesar dos critérios estabelecidos sobre os livros que aceita em doação, recebe muitos livros técnicos que não atendem o objetivo de serem expostos em nossos Pontos para incentivar a leitura. Assim, esses livros são reunidos e, quando atingimos uma quantidade significativa, distribuímos gratuitamente em universidades, escolas públicas e de ensino de pré-vestibular que tenham os cursos relativos a cada área. Também são levados livros de literatura, respeitando nosso objetivo maior que é o incentivo à leitura, pois acreditamos que esse contato facilitado pode propiciar o despertar, entre os jovens, de potenciais leitores, além de estimular o conceito de desapego e do compartilhamento de livros.

Cursos que costumam ser beneficiados e temas que costumamos distribuir:

  • Psicologia
  • Educação Física
  • Pedagogia
  • Engenharia
  • Turismo
  • Comunicação Social: Publicidade e Propaganda, Design Gráfico, Fotografia, Jornalismo
  • Teatro, Dança, Música, Artes
  • Letras
  • Enfermagem, Saúde
  • História
  • Idiomas

Uma forma de apoiar a Freguesia do Livro é arrecadando livros em diferentes contextos e encaminhá-los para nós.

Pedágios literários: a ideia é solicitar a doação de um livro quando fizer uma festa, um jantar, um bazar, um evento beneficente. Um modo simples de incluir uma ação social em eventos.

Condomínios: uma caixa no hall de entrada e a solicitação de doação de livros lidos costuma apresentar bons resultados.

Arrecadação em escolas: alunos de escolas particulares podem ser estimulados desde pequenos a compartilhar leituras. Ao doarem seus livros, ficam sabendo que crianças com dificuldade de acesso a boa literatura, vão lê-los. Com o consentimento das escolas, deixamos na entrada da escola por um período de duas semanas, um tambor grafitado e atraente, juntamente com cartaz explicativo e solicitamos que pais e alunos doem livros. Tem uma escola ou quer propor para uma essa ideia? Entre em contato.

Ações em empresas: empresas são lugares ideais para angariar doações de livros criando uma ação social que mobiliza funcionários. Basta deixar uma caixa com cartaz explicativo e estimular que cada um traga livros de casa. Essa arrecadação muitas vezes pode despertar o início de um acervo de livros para os próprios funcionários.

A Freguesia do Livro presta serviço de orientação na triagem de livros e organização de bibliotecas comunitárias, com o objetivo de selecionar e classificar os livros existentes por gênero e idades (em caso de bibliotecas em CMEIS ou escolas) e promovendo maior acessibilidade no espaço. Muitas bibliotecas escolares e/ou comunitárias carecem de títulos em determinados gêneros. A Freguesia do Livro colabora procurando doar esses livros.

1. Leitura nos CENSES: A Freguesia do Livro desenvolve um trabalho de aproximação à leitura no Centro de Socioeducação Joana Miguel Richa, centro de  ressocialização de menores infratoras da lei, adolescentes do sexo feminino de 14 à 18 anos de idade, em estágio de cumprimento de pena junto à sociedade. Já estiveram conosco realizando leituras os escritores Luiz Henrique Pellanda e Andressa Barichello.
No CenseEducandário São Francisco em Piraquara,que recebe adolescentes do sexo masculino de 14 à 18 anos de idade para regime fechado, desenvolvemos um trabalho em parceria com o escritor Luiz Henrique Pellanda, com o diretor e professores da instituição, com a organização Manobra Literária, a Editora Voo e o artista plástico e grafiteiro Gustas. Através da leitura de textos a da intervenção do artista junto aos jovens, foi produzido um mural na instituição que traz muitos de seus desejos e projetos.

2. PimpMy Carroça: participamos da ação de valorização dos carrinheiros levando livros.

3. Leitura na Praça – Amaporã/PR: iniciativa de CharllisApolonio ao criar um evento mensal na única praça de sua cidade, disponibilizando livros e leituras para as crianças e seus pais.

4. PBMIH – Português Brasileiro para Migração Humanitária – UFPR: fornecemos livros para que os refugiados em Curitiba, Sírios e haitianos, possam aprender a língua portuguesa. Também enviamos livros em suas línguas pátrias, francês e árabe.

5. Congresso de Síndrome de Down: participamos do Congresso disponibilizando livros livres sobre temas relacionados à síndrome e terapias.

6. Fazenda Guanabara –Paranapoema/PR: enviamos livros para que uma professora que mora em uma fazenda onde vivem 20 crianças, possa incentivar a leitura dos pequenos e jovens.

7. Jardim de Letras – Antonina/PR: apoiamos um iniciativa literária que reúne crianças em rodas de leitura.

8. Freguesia do Livro Litoral: Sandra Maria Martins representa a Freguesia do Livro no litoral, arrecadando por conta própria e contando com os livros que enviamos para abastecer pontos de leitura que ela cria no litoral do Paraná.

9. Freguesia do Livro Foz do Iguaçu: Ana Maria Marques e Taty Marques representam a Freguesia do Livro em Foz do Iguaçu, arrecadando por conta própria e contando com os livros que enviamos para abastecer pontos de leitura que elas criam.

10. Barco Sorriso: Parque de Superagui. Amanda Selivon promove e participa de ações que associam ecoturismo e ações sociais e já levou livros da Freguesia para indígenas do Parque de Superagui e comunidades da Ilha do Mel e Ilha das Peças.

11. Patronato Apucarana: apoiamos a campanha “Dê uma chance para quem está querendo virar a página” para egressos do sistema prisional da Apucarana.

12. Shopping São José: um espaço do shopping é destinado para recepção/doação de livros e contações de histórias

13. Manobra Literária: iniciativa que associa leitura e a prática do skate. Apoiamos com o envio de livros.

14. Mostra Literatura Paraná

Livros em táxis rodam a cidade de Curitiba e região metropolitana. Parceria da Freguesia do Livro com Livrarias Curitiba, RadioTaxi Faixa Vermelha e Taxi 333.